Ysabella sonha

"- As almas das poetisas são todas feitas de luz, como as dos astros: não ofuscam, iluminam...."

Textos

Agora vou me abandonar
A carícia do sono
Me entregar aos sonhos
Liberar meus medos
Inundar-me de luz
Mergulhar em macios lençóis
E dormir
Ordenando que o mundo pare
E comigo adormeça
Até que a manhã me faça renascer
No sopro do sol

Amanhã refeita do meu cansaço
Ainda vivendo nos sonhos meus
Lembrarei com saudade
Do tudo vivido
Que só o sonho me permitiu viver

Para todos que me acompanharam na aventura desse dia
deixo um carinho e votos de uma noite feliz
ysabella
Enviado por ysabella em 02/02/2021
Copyright © 2021. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Tela de Claude Monet
Site do Escritor criado por Recanto das Letras