Ysabella sonha

"- As almas das poetisas são todas feitas de luz, como as dos astros: não ofuscam, iluminam...."

Textos



Aqui me refugio.
Busco energia e força 
Nesses encontros
Com meu mar querido


Deixo nesses momentos
Que o vento invente 
nesse profundo ventar
Mapas, saídas para os
Silêncios, segredos
Que me fazem chorar




Silenciosamente frente ao mar
Deito-me na paz desses instantes
E o mar cúmplice das minhas
tristezas
Trava um duelo com
O real e irreal em mim
 


Emociono-me e choro
Quando ouço o vento baixinho dizer
Não chore, virei a página
Que te fazia sofrer.



Esse ano foi terrivel..Venha 2021! Seque nossas lágrimas
ysabella
Enviado por ysabella em 28/12/2020
Alterado em 28/12/2020
Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Tela de Claude Monet
Site do Escritor criado por Recanto das Letras