Ysabella sonha

"- As almas das poetisas são todas feitas de luz, como as dos astros: não ofuscam, iluminam...."

Textos

Gota que se esconde da tempestade
Assim é o poema que faço
Timidamente parece desejo que fareja
e sempre me acha
Como loucura canalizada para a arte

Muitas vezes muito timido
Fala de flores, árvores e rios
Outras vezes agressivo e desbocado
Se erotiza e sai falando de tesão

Enfim... meu poema é
Simplesmente
Palavras apaixonadas
Pelo papel  onde escrevo
ysabella
ysabella
Enviado por ysabella em 10/12/2020
Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Tela de Claude Monet
Site do Escritor criado por Recanto das Letras